espantar os pombos: pombo deitada na grama
Espantar os pombos facilmente saiba como com a Real
28/02/2019
Exibir tudo

8 Medidas para controle de pombos

controle de pombos: Pombos pousados em um galho de arvore

Os problemas com pombos se tornam cada vez mais constantes. As fezes ácidas dos pombos, além de sujar e causar doenças, podem provocar danos à pintura de veículos e ao patrimônio. Abaixo seguem algumas medidas simples e efetivas para te orientar no controle de pombos: 

1. Instalação de armações de hastes pontiagudas tipo “porco espinho”:

Espículas são armações formadas por um conjunto de hastes longas e pontiagudas, instaladas a distâncias de 12–15 cm umas das outras, cobrindo toda a superfície de pouso das aves.

sistema para controle de pombos porco espinho

As armações impedem que as aves aterrissagem e podem ser instaladas tanto em superfícies horizontais quanto verticais. As armações podem ser feitas de arame ou ferro maleável ou silicone. As hastes devem ter 12 cm de comprimento ou mais, podendo ser dispostas em leque, em roseta ou cruzadas. Indicada para proteger qualquer superfície plana utilizada pelos pombos para pousar. Devem ser usadas em locais altos como telhados, sem acesso às pessoas.

2. Mudança do ângulo de inclinação da superfície de pouso das aves:

Quando possível, deve-se modificar o ângulo de inclinação da superfície onde as aves pousam para 60 graus ou mais. Isso pode ser feito através da instalação de uma chapa de material liso e escorregadio, como alumínio galvanizado. Indicado principalmente para superfícies pequenas ou estreitas, especialmente aparelhos de ar-condicionado, pois as fezes secas depositadas sobre o aparelho, ao transformarem-se em pó, podem ser transferidas para o interior do prédio e aspiradas pelas pessoas.

3. Instalação de fios de nylon ou arame ao longo da superfície de pouso.

fios de nylon ou arame, bem tensionado, a uma altura de cerca de 10 cm para controle de pombo

Consiste em esticar um fio de nylon ou arame, bem tensionado, a uma altura de cerca de 10 cm da superfície utilizada pelos pombos para pouso (beirais, floreiras, parapeitos, marquises, muros, saliências de parede etc). Se a superfície for larga, é necessário esticar mais fios, distanciados por 3 cm. Os fios devem ser sustentados por pregos ou pinos nas extremidades; em alguns casos pode ser necessário adicionar pinos intermediários, para apoio.Trata-se de um método de baixo custo e fácil instalação, que pode ser utilizado em diversas circunstâncias para o controle de pombos.

4. Instalação de espiral ao longo da superfície de pouso.

Consiste em instalar uma espiral de aço ou plástico ao longo de toda a superfície de pouso das aves. A “mola” forma uma superfície instável, impedindo o pouso das aves. O arame farpado pode ser também uma alternativa.

5. Vedação das entradas.

É importante identificar todos os acessos que os pombos utilizam para entrar nos locais onde constroem seus ninhos. Esses acessos devem ser obstruídos. De acordo com a situação, vários materiais de baixo custo podem ser utilizados para vedar as entradas.

6. Espantalhos e manequins

Espantalhos e manequins que imitam predadores (corujas, gaviões, gatos) podem ser colocados nos locais onde os pombos costumam pousar, com o objetivo de espantá-los. Porém, pombos e outras aves se habituam rapidamente à presença de objetos imóveis. 

7. Objetos brilhantes, coloridos e dotados de movimento:

Objetos brilhantes, coloridos e dotados de movimento, como bandeirolas, móbiles de CDs, balões infláveis e fitas coloridas, assustam as aves e as afastam do local por algum tempo. 

8. Repelentes químicos:

Em geral, são substâncias pegajosas em forma de gel. Deve-se aplicar uma camada fina sobre as superfícies onde os pombos costumam pousar. O produto causa desconforto às aves pelo contato com a substância pegajosa, desencorajando o pouso funcionado como um repelente muito eficaz no controle de pombos. 

Medidas complementares 

• Evitar dar alimento e água aos pombos.

• Recolher sobras de alimentação de animais domésticos e criações; 

• Dar correta destinação aos resíduos orgânicos em geral; 

• Realizar manejo ambiental – isolando locais que possam vir a ser ocupados por pombos 

• Limpar e desinfetar os locais utilizados pelos pombos para abrigo ou reprodução; 

• Não deixar as fezes de pombos se acumularem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *