Insetos invasores devastam a economia mundial e “matam mais que balas e canhões”
26/12/2016
Aranha australiana gigante tenta devorar um rato
28/12/2016
Exibir tudo

Ratos brancos causam surpresa no Parque Farroupilha em Porto Alegre

Ratos brancos têm chamado a atenção de frequentadores do Parque Farroupilha, a Redenção, em Porto Alegre. Os animais costumam surgir nas proximidades do auditório Araújo Vianna. Apesar de curiosa, a situação pode representar risco para a saúde de quem passa pelo local, segundo especialista na área.

Os ratos são da espécie Wistar, utilizada em testes de laboratório e também vendida em agropecuárias como bichos de estimação.

Ninguém sabe explicar como eles apareceram no parque. Alguns frequentadores dizem que veem os ratos há mais de um ano.

A presidente da comissão de saúde pública do Conselho de Veterinária foi ao local e ficou preocupada com o que viu. Conforme Camila Correia Jacques, não é comum vê-los durante o dia. A prioridade é saber como os ratos chegaram até o parque. A especialista alerta que a população deve evitar o contato com os ratos.

“Se eles vêm de biotérios, eles poderiam estar sendo usados para algum experimento. As pessoas devem evitar entrar em contato com esses animais, porque não se sabe para quais experimentos estavam sendo usados. Tem todo o risco de entrar em contato com algumas doenças, alguns vírus, bactérias, que a gente não tem o contato no meio ambiente normal. O ideal é que a população não entre em contato com esses animais”, afirma Camila.

Procurada, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) informou que possui um controle rigoroso dos animais que ficam nos laboratórios do campus próximo ao Parque da Redenção, e que não deu falta de nenhum rato.

Já a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) disse que vai colocar armadilhas para capturar os animais e encaminhar eles para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Ratos brancos, Parque Farroupilha, Redenção (Foto: Reprodução/RBS TV)
Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *