dedetização em restaurantes
Dedetização em restaurantes: por que é tão importante?
27/09/2017
limpeza da caixa de gordura
Com qual periodicidade em que devo limpar minha caixa de gordura?
11/10/2017
Exibir tudo

5 doenças que podem ser evitadas com a limpeza da caixa d’água

doenças evitadas com a limpeza da caixa d'água

A limpeza da caixa d’água é indispensável em qualquer lugar, sejam casas ou indústrias. Esse é o local usado para armazenar a água que será utilizada e, por isso, precisa estar sempre bem limpo e vedado. No entanto, a não manutenção da caixa pode colocar a saúde de todos os consumidores em risco.

Em locais onde a caixa não é corretamente limpa, é comum que apareçam bactérias, parasitas e mosquitos, todos transmissores de doenças. Confira 6 patologias que podem ser evitadas com a limpeza da caixa d’água.

 1- Gastroenterites infecciosas:

O que é? A gastroenterite é uma inflamação que afeta o estômago e o intestino delgado e é causada por diversos tipos de bactérias, vírus e vermes, vindos principalmente de água contaminada.

Quais sintomas? Os sintomas são mal-estar como febre, diarreias, vômitos e cólicas abdominais.

A desidratação é a principal consequência provocada pela gastroenterite e precisa ser rapidamente tratada com a ingestão de muito líquido.

2- Leptospirose:

O que é? A leptospirose é uma doença causada por uma bactéria presente na urina dos ratos e é transmitida pelo contato da pele com água contaminada pelos roedores.

Quais sintomas? Sintomas comuns são febre alta, calafrios e dores pelo corpo. Nos casos mais graves, insuficiência renal e hemorragias também podem aparecer.

3- Hepatite A:

O que é? Fechar a caixa d’água impede também que se contraia hepatite A, uma doença causada por um vírus que leva à inflamação no fígado. Duas formas comuns de se contrair a hepatite é com o consumo da água contaminada pelo vírus transmissor da doença ou com a ingestão de alimentos crus lavados com água infectada.

Quais sintomas? Alguns sintomas comuns são febre, dores musculares, urina escura e amarelamento dos olhos e da pele.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1,4 milhões de novos casos são registrados todo ano. É preciso ficar alerta e cuidar da limpeza da caixa!

4- Febre tifóide:

O que é? Apesar de não ser tão popular, a febre tifóide é causada por uma bactéria bastante conhecida, a Salmonella. Assim como a leptospirose, a transmissão da febre tifóide se dá pelo consumo de água ou de alimentos contaminados pelo parasita.

Quais sintomas? A febre tifóide é considerada uma doença grave que gera constantes febres altas, alterações intestinais e aumento das vísceras. Quando não tratada, com antibióticos e bastante reidratação, pode levar à morte.

5- Dengue:

O que é? Velha conhecida dos brasileiros, a dengue ainda é uma doença que preocupa e assusta. O mosquito transmissor, Aedes aegypti, é amante de água parada, ou seja, a caixa d’água é um prato cheio para ele se reproduzir.

Quais sintomas? É por meio da picada do mosquito que se contrai o vírus da dengue, o qual gera dores pelo corpo e nas articulações, tontura e fortes dores de cabeça.

A Organização Mundial de Saúde estima que entre 50 e 100 milhões de pessoas se infectem pelo vírus anualmente mundo a fora. Atuar de forma preventiva, assegurando-se da limpeza e do vedamento adequado da caixa é a melhor forma de se prevenir desse mal.

Para evitar essas e outras doenças, é importante cuidar do reservatório de água da sua casa, condomínio, empresa ou indústria. Mas, para garantir qualidade, é necessário que esse serviço seja feito por uma empresa qualificada, como a Real Dedetizadora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *