Hábitos de vida do barbeiro
01/08/2016
Vagalumes iluminam cavernas e cupinzeiros na Amazônia para atrair presas
03/08/2016
Exibir tudo

Acúmulo de gordura causa obstrução na rede de esgoto

Despejar óleo de cozinha na pia pode causar grandes estragos ambientais e econômicos

Sabe aquele resto de óleo de cozinha derramado na pia ou no ralo da sua casa? Pode parecer insignificante despejar o óleo na pia, mas um dia esse mesmo produto descartado pode contribuir para o entupimento da tubulação e o esgoto retornar para dentro da própria residência, trazendo transtornos aos usuários e à vizinhança. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) conhece bem esse problema quando recebe demandas para desobstruir rede coletora de esgoto, algumas delas ocasionadas pelo acúmulo de gorduras (óleo petrificado).

Somente nas zonas Leste, Oeste e Sul de Natal, a Caern registra mensalmente uma média de 250 pedidos para desobstruções de esgotos, coletados por meio de ramais convencionais e condominiais. Esses transtornos podem ser causados pela existência de óleo, lixo ou ligações clandestinas de água da chuva nos dutos por onde deviam passar apenas dejetos. De acordo com Fabiana Pereira de Lima Melo, Técnica da Unidade de Manutenção e Operação de Esgoto da Caern, o óleo quando despejado na tubulação afeta o sistema de esgoto, como também traz prejuízos ao meio ambiente.

“O óleo na tubulação é um inimigo silencioso. Com o tempo, ele fica petrificado, acarretando a obstrução da rede de esgoto” esclarece a técnica. Para evitar a entupimento na rede coletora, bem como danos ao meio ambiente, toda residência deve ter uma caixa de gordura, com mecanismo de retenção da gordura na superfície. Fabiana reforça que a limpeza da caixa deverá ser realizada semanalmente ou mensalmente, dependendo da quantidade de resíduo produzido por cada consumidor.

“O correto é armazenar o líquido em uma garrafa pet para ser entregue as cooperativas que utilizam essa substância para produzir produtos variados, como por exemplo o sabão ecológico”, ressalta a técnica.

Alternativas

De acordo com dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), um litro de óleo despejado no esgoto pode contaminar um milhão de litros de água. Então é hora de procurar alternativas para reciclar o óleo de cozinha e colaborar com o nosso planeta.

Doar óleo de cozinha é uma forma de ajudar as cooperativas ou ONGs que trabalham com essa substância, pois além de evitar danos ao solo ou a poluição da água, essa atitude facilita na geração de renda das pessoas que trabalham diretamente nessa atividade. O óleo reciclado pode se transformar em diversos produtos, como por exemplo sabão, sabonete, e até ração para animais.

Fonte: http://www.nossaciencia.com.br/obstrucao-na-rede-de-esgoto-pode-ser-causada-por-acumulo-de-gordura#sthash.gAd3tHeF.dpuf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *